A prisão da quadrilha, composta por Manoel Nazareno de Souza (58), Cláudio Sérgio Góes (29) e Alex Moreira Viana (25), juntamente com um adolescente de 16 anos, aconteceu em uma via pública de Porto Velho. A operação foi comandada por agentes da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio.

Manuel, que confessou o crime, é servidor público da Prefeitura de Porto Velho, suposto pastor de uma igreja evangélica e proprietário de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos, localizada na zona Sul da Capital.

O CASO

 

O bando comandado por Manoel Nazareno é acusado de praticar crimes de extorsão do tipo “Sequestro Relâmpago”. Segundo o delegado Dr. José Marcos, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, foram feitas duas vítimas, sendo a primeira no dia 9 do mês corrente, que foi sequestrada no estacionamento de um supermercado na zona Norte e a outra no dia 18 também deste mês pega na porta do local de trabalho, centro da Capital.
Na ultima ação os bandidos levaram a vítima para a pista velha do aeroporto, onde lá abandonaram o veículo dela e a colocaram no automóvel de Nazareno, um Honda Fit. Em poder da jovem foi feito o primeiro contato com a família, onde foi negociado o valor de R$ 8.000,00 (oito mil reais) para que ela fosse libertada.
A jovem foi levada para um local e onde foi amordaçada e depois de seis horas, mediante o pagamento da quantia exigida foi liberada.
PRISÃO
No sábado (19) depois de obter diversas informações, foi montada uma forca tarefa pela Policia Civil que culminou na prisão dos integrantes da quadrilha. Depois de presos todos os envolvidos assumiram a participação no crime.
CENTRO
O funcionário da prefeitura de Porto Velho Manoel Nazareno, segundo o delegado responsável pala prisão, mantinha em pleno funcionamento um centro de reabilitação para tratar de dependentes químicos, localizado na zona Sul da cidade. De acordo com o delegado nesse centro o homem aliciava os internos a fazerem parte de suas atuações criminosas.
O homem também se apresentava em diversos pontos da cidade como pastor evangélico, sempre levando o ar de bom moço.
ANTECEDENTE
Nazareno possui passagens pela polícia, onde no ano de 2004 comandou um assalto a banco nesta cidade e acabou sendo preso.
A polícia não descarta a hipótese de outros crimes da mesma natureza ter sido praticado pela quadrilha e pede para quem já foi vitima desses bandidos entrem em contato o mais breve possível nas delegacias da cidade.
O pastor de uma igreja evangélica, dono de uma casa de recuperação de jovens drogados e servidor público da Prefeitura de Porto Velho, Manuel Nazareno de Souza, 58, foi preso por extorsão mediante sequestro de duas vítimas, ambas jovens mulheres, aparentemente com posses. As prisões ocorreram no sábado (19), no bairro Cidade do Lobo, zona Sul da capital.
O pastor Nazareno monitorava os passos das vítimas por aproximadamente um mês antes do sequestro. Também foram presos, Claudio Sérgio Góes, 25, Alex Moreira Viana, 25, e um menor de 18 anos, acusados de participar da quadrilha liderada pelo pastor.
O último sequestro praticado pela quadrilha aconteceu na ultima sexta-feira (18), quando os criminosos utilizaram uma faca para render a jovem, levada para o cativeiro em um veículo de marca Honda Fit, possivelmente de posse do pastor. A família da vítima pagou o valor de R$ 8 mil no resgate. Parte deste montante foi recuperada pela Polícia, a outra parte teria sido utilizada pelo pastor para pagar a prestação de um veículo.

O delegado não descarta a hipótese dos acusados terem feito outras vítimas e em entrevista a imprensa, realizada na manhã desta segunda-feira (21), na Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio e Homicídios, apresentou os criminosos para que a população possa reconhecer e identificar outras vítimas. Também foram apreendidos com a quadrilha, diversas bolsas femininas com marcas de grifes e nove telefones celulares.

FOTOS

VÍDEO

FAÇA DOWNLOD DO VÍDEO AQUI EM BAIXO

Baixe o vídeo aqui em baixo.

Patrimônio prende suposto pastor que é funcionário da Prefeitura por liderar quadrilha de sequestradores
Patrimônio prende suposto pastor que é funcionário da Prefeitura por liderar quadrilha de sequestradores.
Patrimônio prende suposto pastor que é f
Windows Media video format 2.4 MB