Falta cemitério em Rondônia

Líder comunitário Ademilson Maria de Souza, o popular "Dicão" e Everaldo Fogaça (PTB)
Líder comunitário Ademilson Maria de Souza, o popular "Dicão" e Everaldo Fogaça (PTB)

População de União Bandeirantes quer instalação de cemitério no distrito

Distante a 150 quilômetros de Porto Velho e com uma população estimada em 25 mil habitantes, o distrito de União Bandeirantes sofre com a falta de um cemitério. Os sepultamentos são feitos em Jacy-Paraná ou em Porto Velho e são dispendiosos e muitas vezes levam até seis horas para ser realizado.

A declaração é do líder comunitário Ademilson Maria de Souza, o popular "Dicão" que na manhã de hoje, entregou um abaixo-assinado com pelo menos quinhentas assinaturas de moradores, solicitando a intervenção da Prefeitura na situação. O documento foi entregue ao vereador Everaldo Fogaça (PTB) que irá solicitar providências à Semusb.

“Parece ser um problema simples, mas não é. Além da consternação de um ente querido, a população ainda tem que percorrer algumas horas até chegar a cidade para o enterro. É certamente dispendioso e psicologicamente desgastante. A grande maioria das famílias não tem sequer recursos para enterrar seus parentes com dignidade”, disse Fogaça.

O vereador alertou ainda que União Bandeirantes é um distrito de difícil acesso e trazer um corpo para sepultamento seja a Jacy-Paraná ou Porto Velho, sempre exige um esforço a mais. “É inconcebível que um distrito com 13 anos de existência ainda careça de estruturas mínimas como essa. Vamos levar esse pleito à Prefeitura e cobrar a solução que o povo de União Bandeirantes tanto precisa”, finalizou.

 

Deixe seu comentário

Write a comment

Comments: 0

Ou envie-nos um e-mail

Note: Please fill out the fields marked with an asterisk.